Volkswagen anunció anoche una inversión de 3.240 millones de dólares para sus cuatro fábricas de Brasil. Desde el 2024 y hasta el 2028, las plantas de Anchieta, São Bernardo do CampoSão José dos Pinhais y Taubaté lanzarán 16 nuevos modelos y producirán nuevas motorizaciones, incluyendo impulsores nafteros, con etanol, híbridos y 100% eléctricos (ver comunicado completo acá abajo).

Para la Argentina, la noticia más relevante no es buena: entre esos proyectos se confirmó una nueva pick-up compacta, que se había estudiado originalmente para producir en la planta bonaerense de Pacheco. Se trata del varias veces postergado Proyecto Tarok, una camioneta con estructura monocasco, que comparte plataforma y numerosos componentes con la Taos producida en Argentina.

La Tarok se podría haber fabricado en Pacheco si VW hubiese seguido adelante con el Proyecto Cyclone en Argentina. De esta manera, la planta vecina de Ford Argentina hubiese fabricado la nueva generación de la Amarok junto a la flamante Ranger, para liberar espacio en la línea de producción para la dupla Tarok/Taos. En cambio, VW Argentina decidió cancelar el acuerdo local con Ford y siguió adelante con el plan de desarrollar un restyling de la vieja Amarok, que se presentará este invierno (leer más).

La nueva pick-up compacta de VW se producirá en la planta de São José dos Pinhais. "Es una pick-up inédita", informó la marca. Y despejó dudas: "Volkswagen confirma que la pick-up Amarok continuará siendo producida en la fábrica de Pacheco, en Argentina".

El segmento de las pick-ups compactas y con estructuras monocasco está en pleno crecimiento en nuestra región, pero las fábricas de Brasil se apropiaron de todos esos proyectos. Las Fiat Toro, Renault Oroch, Ram Rampage y Chevrolet Montana se producen en Brasil. La única excepción es la Ford Maverick, que viene importada de México.

¿Y cuáles serán los otros 15 nuevos modelos que VW producirá con esta inversión millonaria en Brasil? Uno de ellos será el esperado "nuevo Gol": un crossover de bajo costo que se anticipó esta semana (ver nota).

Los otros modelos aún no fueron confirmados, aunque VW anticipó qué planta recibirá cada nuevo proyecto.

* Fábrica Anchieta (São Bernardo do Campo, São Paulo): "Dos vehículos inéditos".

* Fábrica São José dos Pinhais (Paraná): "Se producirá una pick-up inédita. Volkswagen confirma que la pick-up Amarok continuará siendo producida en la fábrica de Pacheco, en Argentina".

* Fábrica Taubaté (São Paulo): "Fabricará un automóvil inédito, 100% desarrollado en Brasil".

* Fábrica São Carlos (São Paulo): "La planta de motores producirá un nuevo motor todavía más innovador y eficiente para vehículos híbridos".

Hay más información en la galería de fotos y el comunicado de prensa, acá abajo.

VW-INVERSION-BRASIL-1

La VW Tarok Concept. Es el prototipo que anticipó por primera vez la pick-up compacta de VW. Se fabricará en Brasil. El diseño definitivo puede cambiar con respecto al concept.

16-novos-produtos-ate-2028

VW invertirá 3.240 millones de dólares en Brasil para lanzar 16 nuevos productos hasta el 2028.

Galería: VW Brasil - Anuncio de inversión (Febrero 2024)

Ocultar comunicado de prensa Leer comunicado de prensa

Comunicado de prensa de VW Brasil

VW mais que dobra investimentos para R$ 16 bilhões e lançará 16 carros

– Volkswagen é a marca de automóveis que mais cresce, mais investe e mais confia no Brasil.

– Com investimento adicional de R$ 9 bilhões até 2028, somado ao aporte atual de R$ 7 bilhões, a Volkswagen se torna a montadora com maior investimento no Brasil no período pós-pandemia.

– Volkswagen do Brasil lançará 16 novos veículos até 2028, incluindo modelos híbridos, 100% elétricos e Total Flex.

– Investimento levará para as 4 fábricas da Volkswagen do Brasil projetos inovadores e com foco em descarbonização.

– O novo aporte contempla o desenvolvimento e a produção de 4 veículos inéditos, sendo uma pick-up, de 1 novo motor ainda mais inovador e eficiente para veículos híbridos e de 1 nova plataforma inovadora, tecnológica, flexível e sustentável.

São Bernardo do Campo, 2 de fevereiro de 2024 – A Volkswagen é a marca de automóveis que mais cresce, mais investe e mais confia no Brasil. Prova disso é que a Volkswagen mais que dobra o valor de seus investimentos para R$ 16 bilhões. Ao atual aporte de investimentos de R$ 7 bilhões na América Latina, de 2022 a 2026, somam-se agora mais R$ 9 bilhões, de 2026 a 2028. Com o aporte adicional, a Volkswagen se torna a montadora com o maior investimento no Brasil no período pós-pandemia. A Volkswagen do Brasil lançará 16 novos veículos até 2028, incluindo modelos híbridos, 100% elétricos e Total Flex. No primeiro momento, o novo aporte contempla o desenvolvimento e a produção de projetos inovadores e com foco em descarbonização para as 4 fábricas da Volkswagen do Brasil: são 4 novos veículos, sendo uma pick-up, 1 novo motor ainda mais inovador e eficiente para veículos híbridos e 1 nova plataforma inovadora, tecnológica, flexível e sustentável.

“A Volkswagen do Brasil tem consolidado uma trajetória de 70 anos de sucesso no País, sendo a marca que mais cresceu em volume de vendas em 2023 e líder nos segmentos mais importantes, de SUVs e carros de passeio, no Brasil no ano passado. A preferência dos consumidores é resultado dos nossos investimentos e da força da nossa ofensiva de produtos, oferecendo o portfólio mais completo do mercado. Agora, a Volkswagen reafirma sua confiança no Brasil e mais que dobra seus investimentos para R$ 16 bilhões. Vamos lançar 16 novos veículos até 2028, incluindo modelos híbridos, 100% elétricos e Total Flex. No primeiro momento, o novo aporte já contempla o desenvolvimento e a produção de projetos inovadores e com foco em descarbonização para as 4 fábricas da Volkswagen do Brasil. Assim, reforçamos o nosso compromisso com o País, com nossos clientes, concessionários, fornecedores e colaboradores”, afirma Ciro Possobom, CEO da Volkswagen do Brasil.

Nova Ofensiva de Produtos VW inclui veículos híbridos e um novo motor

Os novos investimentos anunciados pela Volkswagen do Brasil, totalizando R$ 16 bilhões, impulsionam o desenvolvimento de novas tecnologias ainda mais inovadoras e sustentáveis para a marca no País.

No total, a Volkswagen do Brasil lançará 16 novos veículos até 2028, incluindo modelos híbridos, 100% elétricos e Total Flex.

No primeiro momento, o novo aporte já contempla o desenvolvimento e a produção de projetos inovadores e com foco em descarbonização para as 4 fábricas da Volkswagen do Brasil: são 4 novos veículos, sendo uma pick-up, 1 novo motor ainda mais eficiente para veículos híbridos e 1 nova plataforma inovadora, tecnológica, flexível e sustentável.

Inéditos no portfólio da Volkswagen do Brasil, os novos modelos serão fundamentais para impulsionar ainda mais a estratégia de descarbonização da marca na Região América do Sul, alinhada à estratégia global Way to Zero, que prevê a neutralidade de carbono em todas as unidades da Volkswagen no mundo, considerando produtos e processos.

Os novos projetos também marcam a chegada de uma nova plataforma no Brasil: o projeto MQB Hybrid. Inovadora, tecnológica, flexível e sustentável, a nova plataforma comporta uma combinação dos mais avançados sistemas de combustão e eletrificação, utilizando sistema de alta voltagem.

O novo projeto MQB Hybrid da Volkswagen conta com uma nova arquitetura eletrônica que permite mais conectividade e oferece ainda mais segurança por meio da tecnologia de ADAS (Advanced Driver Assistance System). Além disso, oferece ainda mais conforto e aumento do espaço interno.

Desenvolvida com a participação da Engenharia da Volkswagen do Brasil especialmente para a Região SAM (South America – América do Sul), a nova plataforma está sendo desenvolvida utilizando os mais avançados recursos de tecnologia de simulação da virtualidade. Os investimentos no projeto envolvem a ampliação da capacitação de equipes e uma produção altamente tecnológica e moderna.

Para impulsionar ainda mais a estratégia de eletrificação da marca no Brasil, os novos modelos eletrificados que chegarão nos próximos anos se somarão aos recém-lançados veículos 100% elétricos ID.4 e ID.Buzz (Kombi elétrica) já oferecidos no País pelo programa VW Sign & Drive desde o ano passado.

A nova ofensiva de produtos inclui 2 veículos inéditos a serem produzidos na fábrica Anchieta, em São Bernardo do Campo (SP).

Na fábrica da Volkswagen em São José dos Pinhais (PR) será produzida uma pick-up inédita. A Volkswagen confirma que a pick-up Amarok continuará sendo produzida na fábrica de Pacheco, na Argentina.

A unidade da marca em Taubaté (SP) fabricará um automóvel inédito, 100% desenvolvido no Brasil.

A fábrica de motores da Volkswagen do Brasil, em São Carlos (SP), vai produzir um novo motor ainda mais inovador e eficiente para veículos híbridos.

Em 2023, a Volkswagen do Brasil concluiu a extensão do prazo até 2028 dos Acordos Coletivos vigentes com os Sindicatos de suas 4 fábricas no País com aprovação da maioria dos colaboradores em todas as plantas. A conclusão dessa negociação foi fundamental para esses novos investimentos, veículos e sistemas de propulsão que serão desenvolvidos e produzidos pela marca no Brasil.

VW é a marca que mais cresce no Brasil

A Volkswagen do Brasil foi a marca que mais cresceu em volume de vendas (29,5%) no País em 2023. No ano em que completou 70 anos no País, a marca emplacou 345.039 unidades de janeiro e dezembro. Na comparação com 2022, são quase 80 mil emplacamentos adicionais. O resultado positivo de vendas significa 15,8% de participação no mercado em 2023, com a vice-liderança consolidada, e aumento de 2,1 pontos percentuais em market share no acumulado do ano.

Polo é líder entre os carros de passeio

Preferido dos brasileiros, o Volkswagen Polo se consolidou em 2023 como o veículo de passeio mais vendido do País: foram 111.247 unidades emplacadas no ano passado. O Novo Polo é um sucesso desde o seu lançamento, quando foram comercializadas 7.000 unidades em menos de 2 horas.

O Polo Track, novo hatch de entrada que cumpriu com sucesso a missão de substituir o Gol, trouxe modernidade a um dos segmentos mais importantes do País e também caiu no gosto dos brasileiros.

Volkswagen também lidera entre os SUVs

A Volkswagen do Brasil também foi líder entre os SUVs no País em 2023, um segmento que representa mais de 45% do mercado nacional. A VW também oferece a linha mais completa de SUVs do Brasil, com T‑Cross, Nivus, Taos e Tiguan, que somaram 141.331 unidades comercializadas no ano passado.

Sucesso absoluto para o T‑Cross, que foi o SUV mais vendido do Brasil em 2023, com 72.445 unidades emplacadas no ano.

Em 2023, a Volkswagen também lançou 9 novos modelos, quase um por mês, reforçando ainda mais o seu portfólio reconhecido pela alta qualidade, tecnologia, segurança, inovação e design. No ano passado, foram lançados o Polo GTS, Novo Virtus, Polo 1st Edition, Novo Polo Track, T‑Cross The Town, Saveiro 2024, Tiguan Allspace R-Line e os 100% elétricos ID.4 e ID. Buzz.

Inteligência artificial, impressoras 3D, drones, realidade virtual e aumentada garantem a inovação do processo produtivo VW

A Volkswagen do Brasil conta com um processo produtivo altamente tecnológico, inovador, ágil, eficiente e sustentável que garante a qualidade de seu portfólio de produtos.

O uso de inteligência artificial nos robôs de inspeção das carrocerias na Pintura garante a alta qualidade da superfície. A tecnologia conta com aprendizagem continuada, evoluindo sempre.

Impressoras 3D são utilizadas na produção de peças para protótipos, ferramentas e dispositivos que auxiliam os colaboradores na produção. A impressão 3D reduz o tempo de desenvolvimento de novos produtos, garante a eficiência e a sustentabilidade, com processos otimizados sem descartes de moldes.

O uso de drones para fazer o controle de peças em estoque é uma ação disruptiva que trouxe criatividade e inovação ao processo logístico. Além da agilidade na leitura das peças, as informações são enviadas on-line para os sistemas que verificam os estoques em um processo 100% digital.

A Volkswagen do Brasil também conta com Laboratórios de Realidade Virtual e Aumentada para apoio, de forma inovadora e totalmente digital, no desenvolvimento de novos veículos, criação de protótipos virtuais, avaliações funcionais e visuais combinando elementos físicos e virtuais e de postos de trabalho ergonômicos para o processo produtivo.

Nos laboratórios são feitas simulações em ambiente digital, otimizando processos, reduzindo custos e alcançando a excelência. Dessa forma, quando são construídos fisicamente os veículos de desenvolvimento ou postos de trabalho já foram validados anteriormente no ambiente digital, garantindo assertividade. O SUVW Nivus, por exemplo, foi o primeiro veículo totalmente desenvolvido com protótipos virtuais nas primeiras etapas.

Enviá tu noticia a novedades@motor1.com